29 de julho de 2008

Doí

Pior do que ser enganada uma vez,
por uma pessoa...
só mesmo ser enganada duas vezes,
pela mesma pessoa !!

Minha Ignorância,
foi ter acreditado (novamente) em ti

Minha Inocência,
foi ter-te confiado (novamente) meu coração


Pior cego,
é aquele que não quer ver ...

O amor é cego...
e eu, mais cega ainda !



22 comentários:

Borboleta disse...

Volto a dizer tudo o que disse no post anterior!

Acrescento que apesar de doer...ainda mantens a capacidade de escrever! Isso é muito bom!

Beijinhos

Bruxinha disse...

Xinha

Infelizmente a vida é uma aprendizagem, e a dor faz parte dela, apesar de doer muito, acredita que essa dor vai passar...e o sol brilhará de novo na tua vida

Jokinhas

Luísa disse...

Não me vou repetir...

Apenas hoje te abraço como se estivessemos juntinhas e afagoo teurosto ...

Umbeijo amigo

luisa

disse...

xinha
nao te preocupes
aei q a dor de se ser magoado e muito grande, mas temos que nos agarrar as forças.
se alguma vez precisares de ajuda já sabes q me podes chamar.
força xinha pa superares issu.
a vida preganos muitas rasteiras mas temos que saber supera las

Bju com muita FORÇA!

P.S.: Manda me um mail a dizer qual quer coisa, tou preocupada...

Coragem disse...

Não lhe chamaria ignorância, mas inocência, também não...

Chamo-lhe apenas AMOR.
Há quem por amor cometa loucuras, se deixe levar, perca a razão...

Eu para além de ter uma capacidade infinita de amar os outros, amo-me imenso a mim mesma, a mim dificilmente deixo que me desvalorizem, demostra-lo então, nem pensar.
Tento dizer com isto o seguinte:

Há uma filosofia que adoptei na minha vida, até hoje, mulher de quase 43 nos, de amanha nada sei...

Se me abandonarem, eu perco, mas quem o fez, perde muito mais, sei quem sou e o valor que tenho, dei de mim o mais possivel, entreguei-me, se não o valorizaram, azar, paciencia, mas a minhas lágrimas não as verão.

Também já eu dei 2ªs oportunidades, muito cautelosamente, a partir daí ditei as regras do jogo, fingia não querer muito, fingia uma certa distancia, resultou sempre.

3ªs, nunca.
Mas isto sou eu (casada há 20 anos)
E só o sou porque não se atrevam a desvalorizar-me e nunca demonstrei se um dia partisse...morreria.

Beijo muita força e coragem, vai precisar, mas erga essa cabecinha, porque se acabou foi porque não a mereceram, ou porque não tinha de ser assim.

Gerlane disse...

Amiga,

Não acredito que o amor seja cego, cego é quem não sabe o que é o amor, quem não sabe amar.

Cuida-te e fiques bem!

Beijos!

pensamentosametro disse...

A dor ajuda-nos a crescer. Amanhã é outro dia, vai doer menos e vais poder pensar no que aprendeste.

Bjo


Tita

doisolhinhos disse...

Não existe ignorância. A inocência já se foi. O amor já não é cego. Mas... uma palavrinha, um olhar, um toque, um beijo... e lá regressa a esperança.

Multiolhares disse...

Por amor se acredita, se perdoa, se recomeça,
Dói, mas vai passar
bj

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Xinha, um abraço solidario...
Beijos

Só Eu disse...

Xinha.
Queria pegar-te na mão, levar-te até a uma praia onde o mar é mais intenso, aquecer-te a alma, beijar-te os olhos e ficar assim, caladinho, a sentir a tua dor passar. Queria muito...
Beijinhos

koruja disse...

O método sem dúvida e assino por baixo, foi ditado na gota da coragem.
O amor próprio, é o que jamais se deve perder, é com ele, que o declinio acontece, a vertigem emerge, e sucumbes, perdendo o norte, ou outros quaisquer pontos cardeais.
Tu és linda, e mereces ser feliz.
Nada acontece por acaso, acredita, nada mas mesmo nada.
Destino é algo que é limitativo, e triste fado...
Mas o acaso, surge, e acredito que quando aparece, te poe caminhos diferentes que optas e escolhes.
Nesses caminhos que se abrem por vezes ambíguos, torcidos, em espiral, ou o rectilineo em que vejas uma luz, nunca jamais te esquecas de ti.
Es linda, inteligente, migota :), o que é para ti está reservado!

Pensa em ti!
Quando tudo parece desvanecer...
os sonhos, os ideais,
o Amor... a dor da ferida!
ganha força e ressuscita
das cinzas a Fénix escondida
que em ti quer emergir
Mais forte , mais sábia
Dá asas ao teu explendor
Olha do alto quem mal te fez sentir
que te olha de baixo e murmura..
"Não lhe dei o valor, que insano!
Resta-me te olhar no meu existir vazio, onde nasce e brota a amargura!"

Eleva-te e voa!
Tu não deves derrubar Nacl !

:) bijalhufassssssssss

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Isso acontece sempre comigo, com todos os homens com quem me relaciono, portanto, se console. A gente sofre, sofre, e faz de novo. Amiga, fiz novo post, porque não consigo ficar parada. Talvez vc não tenha visto o filme.
Apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um abraço,
Renata

Maria Anjos Varanda disse...

Viver e aprender, não é?
Vais ver que vai passar....é sempre bom dar uma segunda oportunidade às pessoas....mas se elas não aproveitam....

As accções ficam para quem as pratica.....

beijos

Ana Diniz disse...

Querida.

O que importa é que você se sente linda, digna da felicidade. O que passou, passou. Agora é adiante. Vc merece ser feliz!

BEIJOS...

Visita o meu blog outra vez!

Ana Diniz disse...

Você é muito sensível em suas impressões... Obrigada pelo lindo comentário. Aguardo-te: tem poema novo! Estás convocada.

BJOS...

EU disse...

bj e xi muito apertadinho !!!

Nuno disse...

olá! como é que te sentes? se te apetecer conversar, tens o meu contacto no meu perfil, o do msn. beijos e as melhoras! um abraço

Humana disse...

Minha querida, dói muito mas passa!
Não nos conhecemos a não ser por aqui mas sinto que és uma pessoa maravilhosa e o amor vai voltar a sorrir e por quem te merece.
Um beijo com muita ternura e se precisares...estou aqui!

Santhiago Ramirez disse...

Sou assim, também. Contenta-me o fato de, em tal silogismo, eu ser a premissa menor: o amor é cego; eu estou tomado de amor; logo, sou cego.
Beijos carinhosos do Thiago

Carlos disse...

Olá,

Duro, quando se chega a essa conclusão...terrível, algo desumanao.
Deixo-lhe um grande sorriso de esperança ..... num futuro ...acredite , e pense se não foi melhor assim, afinal.

Hoje deixo-lhe um
beijito

Alexandre disse...

Já passei exactamente pelo menos e pensei que não sobreviveria... mas sobrevivi e até renasci!!!