22 de Novembro de 2011

Alguém como você - Adele

Eu ouvi dizer que você está estabilizado
Que você encontrou uma garota e está casado agora
Eu ouvi dizer que os seus sonhos se realizaram
Acho que ela lhe deu coisas que eu não dei

Velho amigo, por que você está tão tímido?
Não é do seu feitio se refrear ou se esconder da luz
Eu odeio aparecer do nada sem ser convidada
Mas eu não pude ficar longe, não consegui evitar

Eu tinha esperança de que você veria meu rosto
E que você se lembraria
De que pra mim não acabou

Deixe para lá, eu vou achar alguém como você
Não desejo nada além do melhor para vocês dois
Não se esqueça de mim, eu imploro
Vou lembrar de você dizer:
"Às vezes o amor dura, mas, às vezes, fere"
Às vezes o amor dura, mas, às vezes, fere, yeah

Você saberia como o tempo voa
Ontem foi o momento de nossas vidas
Nós nascemos e fomos criados numa neblina de verão
Unidos pela surpresa dos nossos dias de glória

Eu odeio aparecer do nada sem ser convidada
Mas eu não pude ficar longe, não consegui evitar
Eu esperava que você veria meu rosto
E que você se lembraria
De que pra mim não acabou
Deixe para lá, eu vou achar alguém como você
Não desejo nada além do melhor para vocês dois
Não se esqueça de mim, eu imploro
Vou lembrar de você dizer:
"Às vezes o amor dura, mas, às vezes, fere"
Nada se compara, nenhuma preocupação ou cuidado
Arrependimentos e erros, são feitos de memórias
Quem poderia ter adivinhado o gosto amargo
Que isso teria?

Deixe para lá, eu vou achar alguém como você
Não desejo nada além do melhor para você
Não se esqueça de mim, eu imploro
Vou lembrar de você dizer:
"Às vezes o amor dura, mas, às vezes, fere"

Deixe para lá, eu vou achar alguém como você
Não desejo nada além do melhor para vocês dois
Não se esqueça de mim, eu imploro
Vou lembrar de você dizer:
"Às vezes o amor dura, mas, às vezes, fere"

Às vezes o amor dura, mas, às vezes, fere, yeah

12 de Outubro de 2011

Cansei

Eu não desisti de te amar ...
... apenas me cansei ...
... de sofrer !

20 de Setembro de 2011

Passa o tempo...

O tempo pára brusco no momento.
O mundo gela duro nesse instante.
Só tu tens vida doce em meu pensamento.
Só em ti me sinto quente e vibrante.

E eu não me entendo...
Quero andar e as pernas recusam.
E eu não me entendo...
Quero mexer e os braços não deixam.
Fico ali, parada e serena, assustada e revoltada
Fico ali a ver-te passar tão perto e sinto em mim que és  tão certo
Fico ali sem saber o que fazer, sem saber  oque dizer
Fico ali e o tempo passa...o instante eterno passa....

13 de Setembro de 2011

Em ti

E tu voltaste...
E contigo o sol, a esperança...!

E tu voltaste...
E contigo o ardor em meu peito, a memória...!

E tu voltaste...
E contigo eu sonho...e contigo eu vivo !


Sorriste-me
Sorri para o meu dia... contigo!
Olhaste-me
Olhei para o meu futuro...contigo!
Beijaste-me
Senti que não mais te quero deixar partir ... para longe de mim...

Voltaste e eu encontrei-me... em ti !


21 de Julho de 2011

Peço a Deus

Ontem, amanheceu e já desperta vi o sol acordar.

Apareceu timido num amarelo frio, mas notava-se já um certo esplendor.

O dia esperava-se quente.

 
Pensei em ti. Ou melhor, pensei em nós.

Lembrei-me de quando nos conhecemos e de tudo aquilo que me fazia sonhar contigo e que me dava a volta a cabeça, e ao coração. Recordei com emoção de todos aqueles pequeninos detalhes que tão amorosamente me faziam querer ligar-te a cada instante. Habitavas em mim.

Lá fora, o sol brilhava cada vez com mais intensidade e entusiasmo, e com ele, voavam cada vez mais alto, os meus pensamentos. Fiquei a pensar no nosso tempo de namoro. Nas nossas infinitas conversas. Nos passeios, nos cuidados e nos momentos tão deliciosamente românticos. Éramos um só.

Rápidamente, chegou o pôr do sol e com ele a noite fria, serena. Olhei em volta e apercebi-me que estou na nossa cama, palco de doces momentos. Tantas histórias, tantos risos. As memórias alegres e carinhosas vinham como em catapultas, umas atrás das outras…Somos felizes.



Hoje, acordei e olhei pela janela. O sol continua lá. A brilhar.
Não sei se mais ou menos que ontem. Não reparei. Não tive vontade.
Estou deitada e a solidão é o meu cobertor. A saudade é a minha companhia.

Sei que o dia vai ser longo sem ti. Ao meu lado tenho Deus e a Ele peço forças, para suportar a tua ausência, pois Ele é testemunha da nossa força para estarmos juntos.



22 de Março de 2011

Mudanças

É tempo de crescer. Repensar. Para continuar a seguir em frente.
É tempo de viver. Mudar. Para que consiga dar-me com muita gente.
É tempo de ser. Ganhar. Para que seja mais forte e ardente.

Já não dá para parar.
Voltar atrás é impossivel.
A vida é sempre a girar, a mudar, a passar.
Se me olho, assusto-me. Estou irreconhecivel.

Já não sou dona de mim.
Destemida, começo agora, este novo caminho
uma estrada que se adivinha longa e sem fim.

É tempo de ceder. De cair. Deixar passar.
É tempo ensinar. De ajudar. Deixar voar.
É tempo de anular. De Ouvir. E, sorrir sem falar.

É tempo de mudar.
É tempo de voltar !

7 de Setembro de 2009

Sem dúvidas

Amo-o !
Porque ...
... a sua simpátia, da primeira vez que falamos, fez-me suspirar ...
... a timidez dele conquistou-me logo no primeiro encontro ...
... sempre que pode faz kms só para estar um bocadinho comigo ...
... ao lado dele, já entrei em desespero e ele soube acalmar-me ....
... ele diz que vamos casar, quando assistimos a um casamento ...
... ele vais às compras comigo, sem se aborrecer ou sem estar contrariado ...
... com ele descobri que a vida não é só trabalho ...
... ele não gosta muito do meu cão, mas, vai passea-lo, só para me agradar ...
... ele disse que vamos comprar uma casa, onde envelheceremos juntos...
... ele fica lindo de morrer quando veste fato ...
... ele insiste que me pode ajudar a arrumar as minhas coisas ...
... ele deu-me um anel com muito significado, e fica triste quando eu não o uso ...
... quando estamos juntos, brincamos e rimos, como dois miudos ...
... ele tem a paciência de lanchar comigo, sempre que peço para lanchar...
... ele entra em minha casa, sem se importar, quando esta por limpar...
... ele é um excelente namorado ...
... ele preocupa-se genuinamente com o meu bem-estar ...
... para ele, a familia vem sempre em primeiro lugar ...
... ele aceita as minhas incertezas, mesmo quando não as entende ...
... ele me ouve, mesmo quando o assunto é aborrecido e entedioso ...
... consigo ser eu mesmo, quando estou com ele ...
... ele consegue beijar-me com a mesma vontade das 1ªas vezes, apesar dos 9 meses que já se passaram ...

Sei que o amo !
Quando ...

... dou por mim a sentir-me bem quando andamos às voltas de carro nas ruas do porto ...
... ele diz que me ama, com a voz de mimo e os olhos brilhantes ...
... olhei para ele no aeroporto, senti uma vontade forte de correr para os braços dele...
... me apercebo que qualquer lugar é belo, desde que esteja ao seu lado...
... o mundo passa para segundo plano ....
... tudo o que faço, faço-o por nós...
... dou por mim a rir, enquanto olho para o relógio e verifico que ele está normalmente atrasado ...
... ainda me banho, perfumo e arranjo, quando vamos sair, como na primeira vez ... .
.. abro a boca, e consigo desabafar tudo o que me vai na alma, sem medos...
... dou por mim a pensar que começamos ontem, a namorar e na verdade.. já se passaram 9 meses !!!

Por tudo isto e muito mais ... Amo-o. Desde sempre e para sempre !

23 de Junho de 2009

Precipicio

Eu escrevi um poema triste
E belo, apenas da sua tristeza.
Não vem de ti essa tristeza
Mas das mudanças do Tempo,
Que ora nos traz esperanças
Ora nos dá incerteza...

Nem importa, ao velho Tempo,
Que sejas fiel ou infiel...

Eu fico, junto à correnteza,
Olhando as horas tão breves...

E das cartas que me escreves
Faço barcos de papel!

(Mário Quintana)

Por vezes, sinto-me sozinha num precipicio...
E tudo o que consigo pensar é : Salto .. ou não salto ... salto ... não salto ... salto ... não salto ...

Acho que a vontade de saltar é tanta que até a mais leve das brisas, é capaz de me fazer cair profundamente .....
E depois de cair, não há retorno possível ...

Outras vezes, sinto que existe um imenso precipício a teimar em separar as nossas vidas .

Creio que tentas dizer algo que não consigo ouvir... e tudo o que te digo é um sussurro indecifrável aos teus ouvidos...

Às vezes, deste lado, parece-me ouvir-te dizer .... quero-te ... e outras vezes, acho que escuto .. esquece-me ...

Eu sei que poderia tenta saltar para o teu lado.
Mas, tenho medo de cair no vazio do meio ....

Ou ... não é nada medo !!! Se cair, que se lixe !! Não faço cá falta..

O meu medo ...
.... é de conseguir ouvir o que realmente tens para me dizer....

7 de Janeiro de 2009

Adeus.


Obrigado a todos os que me seguiram ao longo destes meses.

Obrigado a todos o que se importaram.

Obrigado a todos aqueles que manisfestaram carinho para comigo !


Este blog deixou de ter razão para existir.


Aqui expressei alguns dos meus mais intimos sentimentos.

Alegrias e muita dor.

Aqui encontrei, ainda que virtualmente, bons amigos.

Pessoas que me deram conforto nas horas em que precisei.



A ti, que me lês desde sempre,

o meu mais sincero Obrigado !


Até um dia.


Xi-coração


14 de Dezembro de 2008

Tua

Quero ser ...

o rosto para quem olhas quando acordas

a voz que te conforta quando te sentes só

os braços que te protegem das intempéries da vida

o lar para onde foges, quando precisas de amor

Quero ser ...

a mais linda visão do teu futuro

a mais excitante história do teu presente

a mais bela recordação do teu passado



Quero ser... simplesmente ... tua !



Existem três coisas que adoro:

O mundo, as pessoas e o destino!
Mundo: porque Tu estas cá!
Pessoas: porque Tu és uma delas!
Destino: porque fez-me conhecer Te!

Adoro-te muito

13 de Novembro de 2008

Mas... tem sempre um mas...

Entende, que eu ainda sofro por alguém...
talvez por não ter ripostado
talvez até, por não ter chorado
ou, tão simplesmente não ter desabafado com alguém ...
~~~~ * ~~~~
Tenho um grito mudo dentro de mim
que por vezes teima em sair
infelizmente, parece que esta angustia não tem fim
num buraco gigante sinto-me sempre a cair ...
~~~~ * ~~~~
Ainda tenho medo e não te quero iludir
não te quero ocupar numa espera sem fim...
tens uma vida inteira sempre a surgir
A sério, não te prendas em mim ...
~~~~ * ~~~~
Também sinto o mesmo por ti .. és tudo e muito mais
Mas, olhando para trás, e vendo o que já sucedeu
não vou correr o risco de pelo meu medo, um dia não me quereres mais
por isso, vou primeiro recuperar e depois então, irei segredar-te que és o meu Romeu...
~~~~ * ~~~~
Gostava de ser feliz ao teu lado
num futuro eternamente doce
Quem sabe os nossos caminhos não se cruzarão de novo
e nessa altura estaremos de coração livre para amar ?

27 de Outubro de 2008

Memórias

Ainda me lembro ...
da primeira vez que te vi ... sentados no café, tarde na noite, palavras ocas, sorrisos timidos...
Ainda me lembro ...
da primeira vez do nosso primeiro beijo ... no teu carro, sob o brilho das estrelas e muito desejo ...
Ainda me lembro ...
da primeira vez que te disse Amo-te ... à porta do restaurante, timidez à mistura com receio, dias depois de ouvir o mesmo da tua boca ...
Ainda me lembro ...
da primeira vez que prometemos ser sempre sinceros ...
da primeira vez que prometemos a eternidade ...
da primeira vez que prometemos amor fiel ...
da primeira vez que prometemos sermos felizes ...
Ainda me lembro ...
da primeira vez que me enganaste.. e da segunda também não esqueci ...
Ainda me lembro ...
de quando pensei em nunca me deixar levar por memórias ...
mas, a idade passa e elas são tudo o que me restam ...
vão-se os anos, as pessoas, os bens... mas elas, a memórias, permanecem para que nunca me esqueça o quanto errei, o quanto sofri .. numa tentativa frustada de serem um bem precioso num futuro que teima em não chegar ...
Anda me lembro de pensar que ....
a vida é um conjunto de momentos.
Estes devem ser desfrutados o melhor possivel...
para que quando chegarmos ao fim da linha... e olharmos para trás... as recordações sejam apenas boas... sem lugar para arrependimentos ....

Ainda me lembro ...
de ter prometido ser feliz... e estou a cumprir !

13 de Outubro de 2008

Voltaremos a encontrar

Eu não digo muitas vezes "Amo-te"
porque tenho medo que não entendas
Eu também não entendo como é que tanto sentimento,
tanta adoração, cabem dentro de uma palavrinha tão pequena ...
Em todos os momentos que sentires a minha falta
lembra-te de quando querias ser livre ...

Dizer "Amo-te" não me parece suficiente
para te mostrar o quanto significas para mim
e no entanto, não existe outra forma ...
Em todos os momentos que pensares em mim,
lembra-te de que sinto da mesma forma ...

Por isso, não importa quantas as vezes o eu o diga,
importa apenas o sentimento que ela carrega
e por isso ouve-a sempre com o coração
e
guarda-a sempre dentro do teu peito
nunca se sabe quando volatrei a repetir ...
... Nós nos voltaremos a encontrar ....

7 de Outubro de 2008

Voltarei

Fugi do teu majestoso conto de fadas ...
... onde todas as noites eram estreladas ...
... onde o sol era sempre brilhante ...
... e a Lua tinha um efeito estonteante ...

~~ não me consegues segurar ~~

... não consigo estar presa ...

.. sinto-me num cativeiro, uma presa ...

... parti a fria e grossa corrente ...

.. nunca leste o que me ia na mente ..

~~ não me consegues quebrar ~~

Não me procures ...
... com a busca, não te tortures ....
.. para longe, num sonho lindo, vou voar ...
... só com os olhos, não me consegues achar ...
... Contigo, estou enterrada ...
... muitos pés debaixo da terra molhada ...
~~ não me consegues mudar ~~

Já não sou mais eu .. não me conheço ...

... as minhas asas já não sabem o que é voar ...

... para pertinho de ti, espero em breve voltar ...

... preciso apenas de me re-encontrar ...

... apenas te darei tempo, para me aceitares ...

... tal como sou, no amor e na doença, na sorte e nos azares ...

~~ não me consegues afastar ~~

2 de Outubro de 2008

Como tu ...

Como tu ... a noite me olha ...
cuida de mim .. a lua ilumina os meus passos,
as estrelas decoram o meu céu ....


Como tu ... o mar me banha ...
a espuma me envolve ... as ondas brincam comigo,
me seduzem ....


Como tu ... o dia chega bem disposto,
me oferece sensações boas ... o sol me aquece,
faz-me brilhar ...


Como tu ... chegou o outono ...
coberto de cores douradas ... com o aroma a terra molhada ...
com a chuva a salpicar ... o vento a assobiar ... as folhas a cair para tudo enfeitar ...


Como tu .. também os meus dias são perfeitos ...
Como tu .... também as minhas noites são mistério ...
Como tu ... também eu nasci para embelezar a tua existência ....